• julia9870

Chatbots: um investimento que vale a pena!

Em pesquisa recente na área de marketing constatou-se que especialistas preferem investir em tecnologia de inteligência artificial. Essa teria prioridade maior que a dedicada ao cuidado de pessoas. Apesar de gerenciamento de conteúdo, e-mail, CRM, DAM e automação de marketing liderarem a experiência digital, os investimentos em IA cresceram muito.


Surpreendentemente suas aplicações financeiras surgiram antes dos call centers. Há uma tendência ao autosserviço no mercado, especificamente para tecnologias que proporcionem o conhecimento que o cliente precisa em tempo real.


Exemplos de sucesso na retenção do cliente com chatbots:


Peloton ou Mirror – 92% no segundo trimestre de 2021. Disney Plus – 74% em 2020.


A introdução da IA melhora ou até mesmo substitui a dinâmica antiga na qual as soluções eram textos respondidos por máquinas. Pouco flexíveis, ao contrário dos sistemas modernos que podem até mesmo encaminhar o usuário a entrar em contato com o suporte humanizado. Entretanto, os clientes preferem os robôs. Alguns dos motivos listados são:


Pontos Básicos:


· Privacidade;

· Controle da Conversa;

· Opções de segurança;

· Configurações operáveis de acordo com as prioridades;

· Acessibilidade;

· Rapidez.


Pontos Chave:

· Podem ser bons vendedores!

Com as perguntas certas, eles podem se aprofundar nas necessidades do cliente colhendo informações num primeiro contato. As respostas podem direcionar a soluções específicas àquele cliente que até então poderiam estar fora de cogitação. Instintivamente eles encontram o ponto fraco de necessidade que o cliente precisa eliminar, o que aumenta a oportunidade de venda.


· Costume/Hábito:

Pesquisas indicam que 54% dos clientes estão acostumados a ter interações diárias com IA, seja com empresas que utilizem chatbots, assistentes digitais, reconhecimento facial ou scanners de biometria.


· Omnicanal:

Enquanto os tradicionais baseiam-se apenas em texto e geralmente operam apenas no canal mais comum da marca, o website, o IA de conversação configura-se omnicanal. Sua utilização pode ser feita em diversas plataformas e meios que incluem texto, voz e vídeo.

Exemplos de assistentes virtuais: Cortana, Google Home e Siri.


Curiosidade:

Qual a diferença entre IA e FAQ?


A abordagem FAQ só suporta palavras-chaves muito bem especificadas, enquanto a IA incorpora o feedback do cliente como aprendizado em tempo real.


Exemplos de aplicações práticas:


Datas de entrega, números de rastreio e taxas de envio podem ser tratadas fácil e rapidamente por IA, enquanto inquéritos complexos do atendimento ao cliente serão encaminhados aos representantes do serviço.


Conclusão: há grande capacidade de crescimento nos setores de capacitação da inteligência artificial e chatbots!


Nós do Grupo DDM, desenvolvemos uma tecnologia de comunicação de inteligência artificial, que se chama Sabrina. Ela possui layout amigável, variantes inteligentes, respostas rápidas e conversão alta de pagamento pelo chat.


Entre em contato conosco para conhecer melhor nosso serviço de atendimento automatizado.


Danielle Rego

SDR - Time de Parcerias B2B

(21) 96712-6257

5 visualizações0 comentário